6 aplicativos para emagrecer

01/10/2018 • Artigo por

6 aplicativos para emagrecer

Graças à tecnologia, hoje em dia, existem muitos aplicativos para emagrecer. A correria dos dias atuais nos deixam sem tempo para movimentar o corpo e incluir hábitos alimentares mais saudáveis à rotina. No entanto, já que passamos tanto tempo no celular, por que não otimizar o tempo para adotar práticas saudáveis?

Os 6 aplicativos para emagrecer que você vai gostar de usar

Além dos aplicativos para quem deseja praticar exercícios físicos em casa, há também inúmeras outras possibilidades para adotar práticas de vida saudável junto ao processo de emagrecimento, por meio do celular. Na lista a seguir, serão mencionados seis aplicativos para te ajudar a focar na missão de perder peso. Dentre eles, estão os que ajudam a controlar a ingestão de água, conhecer novas opções de receitas fitness, além dos que dão dicas de como se exercitar sem sair de casa.

Aumentar a hidratação

A hidratação do corpo é fundamental para o emagrecimento. A maior parte do organismo é composta por água e consumir no mínimo dois litros do líquido diariamente é importante para regular as funções do corpo. O consumo ideal de água ajuda a manter a saúde e beleza, além de hidratar a pele e os cabelos, e prevenir os cálculos renais. A água é uma ótima aliada, também, no controle da saciedade.

 

No entanto, a rotina agitada nos faz esquecer de beber água ou nos leva a substituí-la por outros líquidos para saciar a sede. O aplicativo Hydro Beba Água foi feito para nos lembrar de beber água, ao longo do dia. Um alarme desperta em horários estratégicos para lembrar você de se hidratar.

Exercitar-se diariamente

Para emagrecer, é preciso se exercitar. Um exercício muito simples, que pode ser feito em qualquer lugar e qualquer horário, é a corrida. No entanto, existem algumas maneiras estratégicas para se criar o hábito de correr. O aplicativo Couch to 5K objetiva fazer com que você corra 5 quilômetros (km) por dia e é muito elogiado por quem já iniciou a prática.  

Para não esquecer de se alongar, ao começar os exercícios físicos, o aplicativo Stretch Exercises é uma boa solução. Com as dicas de alongamento,                                                              é possível prevenir as supostas lesões causadas pelos exercícios de alto impacto e favorecer ainda mais o emagrecimento, aliado à boa saúde.

Diversificar as receitas saudáveis

Um aplicativo muito usado nos Estados Unidos é o Eating Well, para diversificar as receitas saudáveis. Bastante desafiador, o aplicativo trabalha com metas, buscando estabelecer uma reeducação alimentar intensiva, melhorando a saúde e o peso, consequentemente. É uma ferramenta que ajuda a planejar refeições em um cardápio específico para restrições alimentares ou diabetes. Além disso, dá várias dicas de receitas para sair daqueles preparos convencionais e cansativos.

Para optar por receitas fáceis e deliciosas de smoothies, use o aplicativo Blender Girl Smoothies. Uma infinidade de receitas pouco calóricas e cheias de criatividade ajudam a manter o cardápio mais variado.

Contagem de calorias

Muitas vezes, o descontrole sob as calorias dos alimentos acaba somando mais peso à balança. O TecnoNutri é um aplicativo que pode ajudar na contagem de calorias diárias, a fim de evitar possíveis compulsões alimentares.

Dados alarmantes

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que 1,9 bilhão de adultos encontram-se com sobrepeso, sendo que 600 milhões são obesos. Nos últimos 30 anos, nenhum país foi capaz de elaborar estratégias suficientes para reverter a obesidade epidêmica.

 

No Brasil, a prevalência da obesidade subiu de 5,4% para 21% da população, nos últimos 35 anos. A OMS ainda afirma que, a cada ano, surge mais um milhão de novos casos de obesidade no Brasil e a cada 15 anos, os números tendem a dobrar.

 

Além de ser um problema de âmbito psicológico, a obesidade está totalmente relacionada ao desencadeamento de diversas outras doenças. Síndrome metabólica, aumento da pressão arterial e do colesterol, e diabetes, estão entre os primeiros desequilíbrios que a obesidade causa. O refluxo gastroesofágico também é uma condição que surge em pessoas com sobrepeso e hábitos alimentares ruins. Da mesma forma, o peso excessivo pode levar ao aparecimento de hérnias.

 

O melhor é cuidar da saúde com a ajuda de um especialista de confiança.  Assim, você não terá com o que se preocupar.